Telstra implementa solução de 800G da Infinera em cabo submarino gerenciado por dispersão

A demanda por largura de banda continua a crescer a taxas exponenciais, fazendo pressão sobre os cabos submarinos mais antigos e potencialmente encurtando sua vida útil econômica, embora sejam projetados para uma vida operacional de 25 anos. Ao mesmo tempo, operadores de rede como a Telstra enfrentam o desafio de dimensionar e fornecer capacidade na região da APAC, uma das regiões que mais crescem em de rede submarina.

A Infinera e a Telstra anunciam a implantação da solução 800G coerente da Infinera em toda a rede internacional da Telstra. A implementação estabelece um marco significativo do setor que a Telstra alcançou com a Infinera, aproveitando a tecnologia coerente ICE6 800G da Infinera em sua Plataforma Modular Compacta Série GX sobre um cabo submarino gerenciado por dispersão entre Hong Kong e Singapura, um segmento que se estende por 2.940 quilômetros. Com a solução ICE6 da Infinera, a Telstra pode alcançar um aumento de 45% na capacidade em relação à tecnologia da geração anterior e 20 vezes a capacidade do projeto original do cabo, ressaltando o valor das soluções inovadoras da Infinera.

CONTEÚDO RELACIONADO – Novo cabo submarino Malbec já está conectado com primeiros provedores no Brasil e no exterior

A demanda por largura de banda continua a crescer a taxas exponenciais, fazendo pressão sobre os cabos submarinos mais antigos e potencialmente encurtando sua vida útil econômica, embora sejam projetados para uma vida operacional de 25 anos. Ao mesmo tempo, operadores de rede como a Telstra enfrentam o desafio de dimensionar e fornecer capacidade na região da APAC, uma das regiões que mais crescem em de rede submarina. Ao implementar a solução ICE6 da Infinera, os provedores de rede estão equipados para obter o máximo de seus cabos submarinos gerenciados por dispersão com as características exclusivas da configuração de taxa de transmissão altamente granular, a modelagem de constelação probabilística de palavra de código longa (LC-PCS) líder do setor, e as subportadoras Nyquist, nas quais a Infinera tem uma liderança na implementação de cinco anos.

“A Telstra projetou e implementou seu cabo gerenciado por dispersão, EAC-2A1, muito antes da transmissão coerente ser desenvolvida. O sucesso do nosso teste ICE6 ilustra que podemos atualizar com sucesso nossos sistemas de cabo existentes para atender às crescentes demandas de largura de banda”, disse David Robertson, Executivo de Redes Internacionais & TI da Telstra.

Segundo o executivo da Telstra, este sucesso foi a força motriz por trás da seleção do ICE6, pois com a solução 800G da Infinera é possível aumentar significativamente a capacidade em todos os segmentos da rede Telstra em novos cabos modernos e antigos globalmente. “Construir novos cabos é caro, portanto, tirar o máximo proveito deles utilizando a tecnologia mais recente significa que podemos atender às necessidades cada vez maiores de capacidade e resiliência de nossos clientes com o preço certo”, ressalta Robertson.

Para Nick Walden, vice-presidente sênior de vendas mundiais da Infinera, o sucesso deste teste com a Telstra reforça a tecnologia inovadora, a capacidade e o valor do ICE6, que demonstrou sua capacidade de fornecer escalabilidade através de um cabo legado desafiador. “À medida que as operadoras submarinas buscam proteger seus investimentos em infraestrutura de redes submarinas, a implementação de soluções comprovadas que permitem uma prestação de serviços rápida e econômica será fundamental para atender às crescentes demandas dos clientes”, destaca o executivo da Infinera.

Participe das comunidades IPNews no FacebookLinkedIn e Twitter

Redação de Redação  no Banda Larga

Leave a Reply